Imagens da Fronteira

A visita às duas cidades fronteiriças foi documentada através de um ensaio fotográfico feito pelas acadêmicas do grupo de pesquisa. As fotos mostram a linha internacional, os marcos divisórios, as sedes das empresas de comunicação e partes tanto da cidade brasileira quanto a paraguaia, elas podem ser vistas na galeria de fotos.

Comunicação coletiva

A independência de webdisigner, a facilidade na hora da postagem, administração geral e a gratuidade dos serviços de hospedagem foram determinantes ao escolhemos um webblog como um dos principais veículos de comunicação do Grupo de Estudos e Pesquisas de Jornalismo na Fronteira.
A construção deste blog é coletiva, o que facilita a vida dos interessados, porque cada um pode se dedicar a uma tarefa diferente, sem sobrecarregar apenas uma pessoa. Claro que ainda estamos descobrindo os variados recursos e atalhos disponíveis no wordpress.
Outra grande vantagem é que você, internauta, pode interagir com o grupo, fazendo os seus comentários diretamente nos posts publicados, em tempo real.
Agora é por a mão na massa, digo, no teclado. E trabalhar!

Mostrando a cara

Todo o grupo de pesquisa esteve nas cidades gêmeas de Ponta Porã (Brasil) e Pedro Juan Caballero (Paraguai), nos dias 16, 17 e 18 de outubro de 2009, para estabelecer os primeiros contatos e, literalmente, mostrar a cara, para os colegas operadores do jornalismo daquela fronteira. O grupo formado pelos acadêmicos de jornalismo e os professores David Trigueiro e Marcelo Cancio visitaram as instalações do Jornal da Praça e da Rádio Nova FM, em Ponta Porã e a Rádio Amambay, em Pedro Juan Caballero. 

As oito acadêmicas do 2º ano de Jornalismo da Universidade Federal de Mato Grosso do Sul: Daiany, Gabriela, Aline, Cecília, Lívia, Tânia, Camila e Samyra, sob a supervisão dos professores Marcelo Cancio e David Trigueiro cumpriram um roteiro bastante movimentado de visitas aos diversos órgãos de imprensa das duas cidades.

Participaram também de duas palestras, uma com o jornalista Paulo Rocaro,  editor geral do Jornal da Praça (diário impresso de Ponta Porã) e uma mesa redonda com três jornalistas paraguaios: professora Maria Luiza Ferrera (de Assunção), Candido Figueredo (correspondente do ABC Color – maior e mais importante jornal impresso do Paraguai – e do Mário Lesmi, atual assessor de comunicação do governador do Departamento (Estado) de Amambai.

O grupo também concedeu várias entrevistas ao vivo em emissoras de rádio AM e FM em ambos os lados da fronteira, explicando os motivos da visita e os objetivos do projeto que começam a desenvolver.

Foi excelente a receptividade dos colegas de ambos os lados, numa demonstração de que a política e a origem podem sim ser superadas pelo espírito fraterno humano, pela possibilidade de diálogo e cooperação mútua.

A proxima etapa do grupo é sistematizar o grande volume de informações colhidas nessa viagem exploratória inicial. E continuar no extenso trabalho de pesquisa da realidade do jornalismo na fronteira entre os dois países.

Caimos na Grande Rede

Que legal! Finalmente estamos na Internet, uma das nossas metas. Somos o Grupo de Pesquisas sobre comunicação social na fronteira entre o Brasil e o Paraguai.
Nossa sede é o curso de Jornalismo da Universidade Federal de Mato Grosso do Sul, em Campo Grande, MS, Brasil.
Aqui neste blog postaremos toda a nossa movimentação e descobertas. Contamos com as suas visitas e ajuda.
Um abraço e sea bienvenido!